Defendendo a Nossa Herança

Defendendo a Nossa Herança

2 Cr 20:1-19 

I. ENXERGANDO O PERIGO (inimigo) v.1 Depois disso, os moabitas e os amonitas, com alguns dos meunitas, entraram em guerra contra Josafá. v.2 Então informaram a Josafá: “Um exército enorme vem contra ti de Edom, do outro lado do mar Morto. Já está em Hazazom-Tamar, isto é, En-Gedi”.

1. Os inimigos estão chegando

  • Passado um tempo
  • Ele recebeu informação
  • Não temos tempo a perder.

2. A atitude de Josafá diante do perigo v.3 Alarmado, Josafá decidiu consultar o SENHOR e proclamou um jejum em todo o reino de Judá.

  • Assustado, Josafá orou.
  • Não desistiu, ou desanimou, nem fugiu

3.  A nossa ação influencia v.4 Reuniu-se, pois, o povo, vindo de todas as cidades de Judá para buscar a ajuda do SENHOR.

II. O CLAMOR DE JOSAFÁ (Josafá = Heb. “o Senhor tem julgado)

1. Um clamor repleto de conhecimento v.5 Josafá levantou-se na assembléia de Judá e de Jerusalém, no templo do SENHOR, na frente do pátio novo,

  • Deus dos nossos antepassados v.6 e orou: “SENHOR, Deus dos nossos antepassados,
  • Deus dos céus e soberano …não és tu o Deus que está nos céus? Tu dominas sobre todos os reinos do mundo. Força e poder estão em tuas mãos, e ninguém pode opor-se a ti.
  • Amigo de Abraão v.7 Não és tu o nosso Deus, que expulsaste os habitantes desta terra perante Israel, o teu povo, e a deste para sempre aos descendentes do teu amigo Abraão?

2. Haviam construído um marco em honra ao nome do Senhor v.8 Eles a têm habitado e nela construíram um santuário em honra ao teu nome, dizendo: v.9 ‘Se alguma desgraça nos atingir, seja o castigo da espada, seja a peste, seja a fome, nós nos colocaremos em tua presença diante deste templo, pois ele leva o teu nome, e clamaremos a ti em nossa angústia, e tu nos ouvirás e nos salvarás’.

  • Em hora ao nome do Senhor

III. QUEM ERA O INIMIGO

 1. Um povo perverso e ingrato que não quis servir a Deus v.10 “Mas agora, aí estão amonitas, moabitas e habitantes dos montes de Seir, cujos territórios não permitiste que Israel invadisse quando vinha do Egito; por isso os israelitas se desviaram deles e não os destruíram.

2. Um povo que quer nos expulsar da nossa herança v.11 Vê agora como estão nos retribuindo, ao virem expulsar-nos da terra que nos deste por herança.

3. Um povo maior e mais forte do que nós (humanamente) v.12 Ó nosso Deus, não irás tu julgá-los? Pois não temos força para enfrentar esse exército imenso que vem nos atacar.

  • Não sabemos o que fazer; por isso, recorremos a ti”.

 

IV. DEFENDENDO A NOSSA HERANÇA

 1. Em oração diante do Senhor o justo juiz v.12 Ó nosso Deus, não irás tu julgá-los? … Não sabemos o que fazer, mas os nossos olhos se voltam para ti”.

  • Por isso, recorremos a ti”.
  • Todo o Judá diante do Senhor v.13 Todos os homens de Judá, com suas mulheres e seus filhos, até os de colo, estavam ali em pé, diante do SENHOR.

2. O Senhor envia o seu Espírito v.14 Então o Espírito do SENHOR veio sobre Jaaziel, filho de Zacarias, neto de Benaia, bisneto de Jeiel e trineto de Matanias, levita e descendente de Asafe, no meio da assembléia.

  • Jaaziel movido pelo Espírito do Eterno, falou à congregação: v.15 Ele disse: “Escutem, todos os que vivem em Judá e em Jerusalém e o rei Josafá! Assim lhes diz o SENHOR: ‘Não tenham medo nem fiquem desanimados por causa desse exército enorme. Pois a batalha não é de vocês, mas de Deus.

3. Esta guerra é de Deus

  • ‘Não fiquem com medo.
  • Esta guerra é de Deus, não de vocês.
  • Deixem que Deus lute por vocês.

4. Amanhã v.16 Amanhã, desçam contra eles. Eis que virão pela subida de Ziz, e vocês os encontrarão no fim do vale, em frente do deserto de Jeruel. v.17 Vocês não precisarão lutar nessa batalha. Tomem suas posições, permaneçam firmes e vejam o livramento que o SENHOR lhes dará, ó Judá, ó Jerusalém. Não tenham medo nem desanimem. Saiam para enfrentá-los amanhã, e o SENHOR estará com vocês’ ”.

  

V. É TEMPO DE ADORAR A DEUS

1. Prostrados diante dele o adorando

  • Então, Josafá se ajoelhou e prostrou-se com o rosto em terra. v.18 Josafá prostrou-se, rosto em terra,
  • Todos os moradores de Judá e de Jerusalém também se prostraram e adoraram ao Senhor. …e todo o povo de Judá e de Jerusalém prostrou-se em adoração perante o SENHOR.

2. Um louvor cantado em alta voz v.19 Então os levitas descendentes dos coatitas e dos coreítas levantaram-se e louvaram o SENHOR, o Deus de Israel, em alta voz.

 

Leave a Comment