Estudo de Apocalipse – (#58) – 10/24/19

A Sétima Trombeta Ap 11.15-16 (Parte 1)

  1. 15O sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve fortes vozes nos céus que diziam: “O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre”. Anteriormente, João escreveu sobre o sétimo anjo tocando sua trombeta para indicar que o fim dos tempos estava próximo (10.7 Mas, nos dias em que o sétimo anjo estiver para tocar sua trombeta, vai cumprir-se o mistério de Deus, da forma como ele o anunciou aos seus servos, os profetas”.).
    • Agora, ele descreve o anjo tocando a trombeta e o cenário correspondente. O pano de fundo é o céu, onde altas vozes estão cantando louvores a Deus e ao seu Cristo. As vozes pertencem a todos aqueles que habitam no céu.
    • Elas declaram que o reino do mundo agora pertence ao “nosso Senhor e seu Cristo”.
      1. Satanás, que tentou Jesus lhe oferecendo os reinos do mundo, não mais os possui (Mt 4.8–9; Lc 4.5–6).
    • Com base no Antigo Testamento, João revela que o reino pertence a Deus e ao seu Cristo (Sl 2.2, 8–9; 22.28; Dn 7.14; Ob 21).
    • Há um reino, não dois e somente um Deus. No Apocalipse, João atribui divindade a Jesus quando ele o menciona junto com Deus. Aqui estão dois exemplos: “Eles serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com ele mil anos” (20.6). “O trono de Deus e do Cordeiro estarão nele, e seus servos o servirão” (22.3).
    • João ensina que tanto Deus como Cristo são chamados de Rei, pois são dignos de louvor e adoração.
      1. A saudação trinitária retrata Jesus Cristo como “governante dos reis da terra” (1.5 e de Jesus Cristo, que é a testemunha fiel, o primogênito dentre os mortos e o soberano dos reis da terra.).
      2. A canção de Moisés e do Cordeiro é dirigida a Deus como “o Rei das eras” (15.3 e cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro: “Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus todo-poderoso. Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações.).
      3. Cristo tornou seu povo num reino e sacerdotes (1.6; 5.10), mas o reino pertence tanto a Cristo como a Deus (11.15; 12.10)
      4. O governo de Cristo e de Deus é o mesmo, porque Deus governa seu reino por meio do seu Filho.
    • Cristo sempre foi rei no seu reino (Sl 110.1); ele pronunciou seu sermão de entronização antes de sua ascensão: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra” (Mt 28.18).
      1. Quando o último inimigo – ou seja, a morte – for destruído, então virá o fim, e ele entregará o reino a Deus, o Pai (1Co 15.24–28). Isso não significa que ele então cessará de reinar; ele reinará para sempre.
    • A passagem percebe a vitória que Cristo obteve e simplesmente declara: “O reino do mundo se tornou o reino de nosso Senhor e do seu Cristo”.
      1. Da perspectiva de João, já ocorreu a derrota total de Satanás e suas legiões.
      2. Eles eram usurpadores do poder do mundo; agora Cristo é o vitorioso e reinará eternamente. “O seu domínio é domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído” (Dn 7.14; 2.44; 7.27; Sl 10.16).
  1. 16Os vinte e quatro anciãos que estavam assentados em seus tronos diante de Deus prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, Os 24 anciãos sentados em 24 tronos representam os santos no céu (Ap 4.4, 10; 5.8; 11.16; 19.4).
    • Eles receberam o privilégio de estar ao redor do trono de Deus e estão mais perto desse trono do que os anjos.
      1. A humanidade redimida sentada em tronos diante de Deus tem o privilégio de reinar com Cristo (3.21 “Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.).
      2. Esses 24 anciãos lideram a adoração ao se prostarem na presença de Deus.
      3. São eles que expressam gratidão e louvor pela redenção obtida para eles pelo Filho de Deus.
    • Enquanto o coro no céu canta um cântico de vitória a Deus e a Cristo por legitimamente reivindicarem o reino do mundo, os 24 anciãos cantam seu próprio hino de louvor para expressar sua gratidão.
      1. A obra de redenção foi completada e chegou a hora de render honra, louvor e glória ao Senhor Deus Todo-Poderoso.

Leave a Comment